Movimento de passageiros no Aeroporto de Natal em dezembro de 2018 é 8,7% maior que em 2017

Equipe do Aeroporto de Natal, 17 de janeiro de 2019

Aeroporto potiguar encerra o ano de 2018 com 2,43 milhões de passageiros


O fluxo de passageiros no Aeroporto de Natal no mês de dezembro de 2018 alcançou a marca de 251 mil passageiros e 1.946 pousos e decolagens, movimentação 8,7% maior que a registrada em 2017.

Para o mês de janeiro estão previstos o total de 387 voos extras. A alta temporada de verão aumenta o trânsito de aeronaves e passageiros no terminal aéreo. Só nos primeiros 10 dias, 44 mil pessoas já desembarcaram no aeroporto para curtir as praias da região. A grande maioria dos voos tem como origem os estados do Sudeste e Centro-Oeste e também do exterior, como Portugal e Argentina.

No final de dezembro um voo charter da HiFly trouxe 290 estrangeiros para passar o ano novo num recém lançado resort na cidade de Touros, grande Natal. A aeronave que pousou no aeroporto no dia 26/12 foi o primeiro voo do mundo sem utilizar objetos plásticos. A companhia substituiu os itens de plástico por utensílios recicláveis de bambu e embalagens de papel e o terminal potiguar foi o primeiro a receber o voo com esta inovação sustentável. Ainda sem outro voo programado, a empresa disse que irá fazer a rota novamente.

No acumulado do ano, o Aeroporto de Natal movimentou cerca de 2.43 milhões de passageiros e mais de 19 mil aeronaves. O crescimento tímido de 1,1% é reflexo de da retomada lenta da economia. O 2º semestre apresentou os melhores resultados operacionais, sendo novembro e dezembro os meses com o maior fluxo de passageiros. A perspectiva é de movimento maior em 2019 com o aquecimento da economia. Para o final do ano já há previsão de voos partindo da capital holandesa, Amsterdã, com destino a Natal, operados pela empresa Corendon. A companhia anunciou que os voos começam em novembro com 2 frequências semanais.   

A pontualidade das operações também foi positiva em 2018. Dos mais de 19 mil pousos e decolagens que ocorreram durante o ano, 90% estavam dentro do horário.

O Aeroporto de Natal encerra o ano de 2018 premiado como o melhor aeroporto da categoria pequeno porte e o melhor aeroporto do Nordeste, conforme pesquisa realizada pelo Ministério dos Transportes que ouviu a preferência dos passageiros. 

Terminal de Cargas

A movimentação do Terminal de Cargas de Natal ficou acima da expectativa em 2018. O Aeroporto movimentou 15,7 mil toneladas, finalizando o ano com aumento de 27% em relação ao ano de 2017. A principal remessa do Terminal de Cargas continua sendo a exportação de frutas e peixes para a Europa.  O estado do Rio Grande do Norte é o maior exportador nacional de peixes das espécies atum e meca, com 26% da fatia total exportada. Já as frutas, mamão, manga e melão, equivalem a 70% das remessas. 

O Terminal de Cargas do aeroporto passou por reformulações no ano passado. O espaço dobrou a capacidade de armazenamento de cargas refrigeradas para atender materiais que necessitam de conservação em temperaturas mais baixas. As câmaras frias possuem um sistema de controle térmico com divisões cargas que demandem graus de temperatura diversos em uma área total de 1.500 m3. O sistema faz o controle da temperatura, da umidade com calibração, câmeras de segurança e gerador de energia dedicado.

A Lufthansa Cargo, juntamente com os produtores locais, foi uma das responsáveis pelo aumento nas exportações. A empresa aumentou sua frequência no aeroporto, operando duas vezes na semana. Em 2018 foram 189 pousos e decolagens da companhia que levaram em 5,9 mil toneladas de cargas para a Europa.

x